make your own site

Laboratório de Óptica de Raios X e Instrumentação


O Laboratório de Óptica de Raios X é o mais antigo Laboratório de Pesquisa no Departamento de Física da Universidade Federal do Paraná (1969). Neste laboratório são feitas instrumentações para a pesquisa em Luz Síncrotron e para Ótica de Raios X. As investigações incluem estudos com ótica de Raios X e Análises Estruturais de Materiais. Laboratório conta com instalações apropriadas de capelas, água, energia, e três ambientes climatizados (área aproximada de 180 m2). Este laboratório atende principalmente a seguinte linha de pesquisa: Estrutura de líquidos e sólidos; cristalografia.

PRINCIPAIS EQUIPAMENTOS:
- Equipamento para corte de materiais duros (Meyer & Buerger, 5mm de precisão de posicionamento), orientação cristalográfica e polimento químico de cristais;
- Geradores de raios x: Rigaku (2 KW), Philips (4 KW, 2 torres), Philips (1 KW, 2 unid.) Nicolet (3 KW). Tubos de raios x com alvos de Fe, Co, Cu, Mo, Ag e W;
- Difratômetros: para materiais policristalinos q-2q (Rigaku), difratômetros (LORXI) tipo duplo-eixo (4 unidades) para monocristais (0.06"/passo) e de 4-círculos Nicolet-Siemens completo (com monocromador 4-cristais), instalados em mesa de granito ou de concreto;
- Mesas goniométricas simples (2) e de alta precisão (5" de arco). Micrômetro ótico, curso de 50 mm e precisão de 0.1 mm, marca Zeiss, automatizado;
- Dispositivos para óptica de raios x: monocromadores (planos, 4-cristais, esfericamente curvados, focalizante sagital), interferômetros, colimadores (Soller), etc;
- Detectores de raios x com a eletrônica associada: CCD bidimensional (1100x1200 pixéis), do grupo PRONEX/LNLS; detectores de cintilação (5), de estado sólido (Si(Li), Ge (intrínseco) e diodo PiN (Amptek);
- Sistema SCOPE de interfaciamento (LORXI) com microcomputador, para controle e coleta de dados (8 unidades). Microcomputadores (16), impressoras e rede interna do laboratório;
- Medidas e experimentos são realizados também no Laboratório Nacional de Luz Síncrotron (LNLS), em Campinas.