5.6 VARIAÇÕES ADIABÁTICAS DE TEMPERATURA

        Até este ponto consideramos algumas propriedades básicas do vapor díágua e formas de medir sua variabilidade. Agora examinaremos um dos importantes papéis que o vapor díágua desempenha nos processos de tempo.

        A condensação do vapor díágua pode resultar em orvalho, nevoeiro ou nuvens. Embora cada tipo de condensação seja diferente, todos exigem ar saturado para se formar. Conforme visto anteriormente, a saturação ocorre:

        a) quando vapor díágua é adicionado ao ar ou

        b) quando o ar é resfriado até seu ponto de orvalho.

        Futuramente serão dados exemplos do primeiro processo. Aqui, focalizaremos o segundo. O resfriamento radiativo da superfície da Terra durante a noite é responsável pela formação de orvalho e alguns tipos de nevoeiros. Já nuvens freqüentemente se formam durante a parte mais quente do dia. Portanto, deve haver outro mecanismo operando durante a formação de nuvens.

Próximo Tópico: A Primeira Lei da Termodinâmica
Tópico Anterior: Medidas de Umidade