Em ambiente unix o acesso externo à informática do departamento é idêntico ao interno, com todas as funcionalidades disponíveis.  A única diferença é a velocidade da rede.

O acesso é feito através do ssh, que garante a autenticidade do usuário e criptografa toda a comunicação. O único método de autenticação é public-key, portanto é preciso gerar a chave criptográfica e transferir a parte pública para hoggar. A maneira de gerar a chave depende da versão de ssh do usuário. Aqui usamos o openssh, que é a versão que vem nas distribuições de linux. As instruções abaixo são para esse software.

Para gerar a chave use o comando

sua-máquina% ssh-keygen -t rsa -f arquivo

Serão criados dois arquivos, "arquivo" e "arquivo.pub". Sugiro usar um nome sugestivo, como fisica. No que se segue os comandos estão escritos para essa convenção. O programa pede uma frase de acesso; é fundamental colocar uma frase longa (mais de 10 caracteres) e sem regra gramatical. Pode-se usar espaços, caracteres de pontuação e outros não alpha-numéricos.

Ponha "fisica" no diretório .ssh (note o ponto antes!):

sua-máquina% mv fisica .ssh

Se na maior parte das vezes for usar o ssh para conectar no departamento, é melhor mudar o nome do arquivo:

sua-máquina% mv .ssh/fisica .ssh/id_rsa

porque esse é o default do programa.

Envie fisica.pub para hoggar por email, na forma de anexo. Note a extensão .pub. Nunca envie o arquivo sem extensão .pub!!!

Na hoggar, salve o anexo no arquivo fisica.pub e em seguida rode
hoggar% instala-chave fisica.pub

Essa etapa tem que ser feita dentro do departamento.

De volta em sua máquina, para conectar na hoggar em modo texto faça

sua-máquina% ssh hoggar.fisica.ufpr.br

Se seu login em sua máquina é diferente do daqui o comando é

sua-máquina% ssh -l seu-login-daqui hoggar.fisica.ufpr.br

ou

sua-máquina% ssh seu-login-daqui@hoggar.fisica.ufpr.br

Se não tiver mudado o nome do arquivo de chave para id_rsa é necessário especificá-lo na linha de comando:

sua-máquina% ssh -i .ssh/fisica seu-login-daqui@hoggar.fisica.ufpr.br

Para abir uma conexão em modo gráfico use

sua-máquina% ssh -i .ssh/fisica -f -X seu-login-daqui@hoggar.fisica.ufpr.br rxvt -ls

Esse comando vai retornar ao prompt da sua máquina após pedir a frase de acesso, e vai abrir uma janela da hoggar em sua tela. Dessa janela é possível rodar qualquer programa, gráfico ou não. O programa vai rodar na hoggar e o resultado vai para sua tela.

A única desvantagem desse método é a necessidade de uma rede rápida. Se a conexão é lenta, como por exemplo via modem, o tempo para abrir uma janela ou o netscape é de cerca de 3 minutos ou mais :-(

Para transferir arquivos usa-se o comando scp, que é análogo ao cp mas exige autenticação e transfere os arquivos usando criptografia. Leia o manual, man scp.

Se quiser usar o mozilla em sua máquina para lidar com o email use os comandos abaixo antes de abrir a conexão de email:

sua-máquina% ssh -i .ssh/fisica -L 1234:localhost:110 -S seu-login-daqui@hoggar.fisica.ufpr.br
sua-máquina% ssh -i .ssh/fisica -L 1235:localhost:25 -S seu-login-daqui@hoggar.fisica.ufpr.br

É preciso configurar o mozilla (ou outro como Kmail, etc.) para usar as portas 1234 para puxar o email e 1235 para mandar, sempre com o servidor pop3 e smtp sendo localhost. Os números 123[45] não são essenciais, basta que sejam portas desocupadas em sua máquina. O melhor é usar números maiores que 1024.

A única vantagem de rodar o programa de email em sua máquina em vez da hoggar é a velocidade. Se a rede for rápida (ex. se for DSL) não vale a pena.