IDF - 13 - 15/04/2013

Um Informativo do Departamento de Física da UFPR

                                                                                                   
     Artigos

        Tetragonal zinc-blende MnGa ultra-thin films with high magnetization directly grown on epi-ready
        GaAs(111) substrates,   A. W.  Arins,  H. F. Jurca, J. Zarpellon, J. Varalda, I. L.  Graff, A. J. A.  de
        Oliveira, W. H.  Schreiner and D. H. Mosca, Appl. Phys. Lett. 102  102408 - 102408-4 (2013)
        doi: 10.1063/1.4794951
      
        Unveiling and exemplifying the unitary equivalence of discrete time quantum walk models, B. F.    
        Venancio, F. M. Andrade and M. G. E. da Luz, Journal of Physics A: Mathematical and Theoretical,
        46 165302 (2013)  doi:10.1088/1751-8113/46/16/165302

       
    Seminários

        Título: O método da rede de Boltzmann para fluidos não isotérmicos
        Palestrante: Mauro Melchiades Doria  do Departamento de Física da UFRJ
        Quando: 18/04/2013 - Quinta-feira 15:30 hs
        Onde: PE04
        Resumo:
        Há mais de vinte anos atrás a equação de Boltzmann na aproximação BGK
        (Bhatnagar, Gross, and Krook) foi adaptada para uma rede discreta e
        aplicada com sucesso na resolução de vários problemas da Mecânica dos
        Fluidos (ver http://www.palabos.org/). Este método, chamado de LBM
        (Lattice Bolztmann Method), descreve a evolução temporal de um conjunto de
        distribuições de partículas definidas numa rede espacial, na qual cada
        sítio possui um número finito de velocidades direcionadas para os sítios
        vizinhos. A simplicidade de sua dinâmica, e principalmente a flexibilidade
        que permite o tratamento das condições de contorno, como, por exemplo,
        para meios porosos, tornam o LBM um método bastante útil, embora quebre a
        invariância translacional na escala mesoscópica. Entretanto, o LBM satisfaz
        às condições de conservação de massa e momento (Navier-Stokes) na escala
        macroscópica.
        Nos últimos anos tem ocorrido um grande esforço para construir um LBM
        válido para o caso de  fluidos não isotérmicos, o que implica na correta
        descrição do transporte de energia na escala macroscópica. Neste seminário
        vamos descrever os fundamentos do LBM e algumas das tentativas de
        aplicá-lo ao caso não isotérmico para apenas um parâmetro de dissipação.

     Eventos

         V Escola da Nanofabricação do CBPF/LABNANO (V NANOFAB),
         Quando: 06 a 10 de maio de 2013
         Onde:Centro Brasileiro de Pesquisas Físicas (CBPF), Rio de Janeiro
         Aqui

         Simpósio Internacional de Nanobiotecnologia
         Quando: 18 e 19 de Abril de 2013
         Onde: CIETEP
         Aqui
   
         Io Encontro da Pós-graduação em Física e Astronomia da UFSC
         Quando: 24 a 26 de Abril 2013
         Onde: Auditório da  Reitoria da UFSC, Florianópolis
         Aqui

     Notícias


   
    Teses e Dissertações

    Editais

     Chamada Universal -  MCTI/CNPq N 14/2013 Aqui

      Edital Nanotecnologia CAPES com Portugal. Aqui
   

    Concursos

    Novos artigos, notícias e informações devem ser enviadas ao IDF
       (informativo@fisica.ufpr.br) sempre até sexta-feira.